fbpx

SEO PARA ADVOGADOS – DESCUBRA A ÚNICA ESTRATÉGIA QUE_FUNCIONA NA ADVOCACIA

Olá advogado é advogada.  

Sejam todos muito bem vindos ao meu canal de conteúdos. Um ambiente online no qual eu compartilho conteúdos de qualidade sobre Marketing Jurídico. O meu nome é Júlio Leão, eu sou Advogado e especialista em Marketing DIgital. 

Como eu sou muito apaixonado por métodos e pelas nuances do Business jurídico, o meu foco é me posicionar como um Estrategista Digital, compartilhando informações com os meus colegas de Advocacia, que permitam que todos consigam se posicionar no Ambiente Online. 

Nesse quesito, é até muito importante falar pra vocês (Advogados e Advogadas), que não existe mais essa distinção entre o mundo online e o mundo físico, não existe mais essa distinção entre o Marketing Digital e o Marketing tradicional. A grande verdade é que o ambiente online já está totalmente incorporado em todas as nossas atividades cotidianas (apps de banco, peticionamento eletrônico, Sites da Receita, INSS e demais Autarquias). E por aí vai. 

Portanto, a atenção de todo mundo está voltada para o Ambiente Online. Eu gosto de usar essas expressões mais genéricas “ambiente online” ou “estrategista digital”, porque, de fato, eu não estou aqui pra falar exclusivamente de mídias sociais. Eu não estou aqui para te ensinar a ser um Advogado Blogueirinho ou Influencer, pelo contrário, eu vou te mostrar várias alternativas até muito mais efetivas do que ficar fazendo sucessivas postagens no Instagram. 

1) O que é Marketing Jurídico -> Papo Reto (poucas ideias). 

Albert Einstein disse que: “Se você não consegue explicar algo de modo simples é porque não entendeu bem a coisa”. Portanto, não vou ficar de muitos rodeios com os meus colegas da Advocacia, que são todos muito bem letrados.  

Marketing jurídico é Comunicação Ativa para advogados, posicionamento de imagem profissional para advogados no ambiente online, ponto! 

Sendo que o Marketing Jurídico tem uma missão primordial, atrair potenciais clientes por meio de um conteúdo de qualidade, e ao final, converter esses curiosos em clientes/contratos. 

O que é muito importante você perceber em todos os meus posts por aqui…. é que o meu objetivo é sempre conseguir, de forma prática, e clara que você consiga, de fato, alcançar resultados na sua advocacia. Eu quero que você acabe de ler esse artigo, e comece a fazer as coisas que eu vou te ensinar ainda hoje. 

2) Qual a importância do Marketing Jurídico para a Prospecção de Clientes na Advocacia: 

Qual é o tipo de resultados que eu quero garantir para vocês por meio das minhas publicações aqui no meu blog?  

Primeiro, eu quero que vocês estejam aptos a compreender que a prospecção de clientes, a arte de atrair mais clientes para o seu negócio, para o seu escritório de Advocacia é uma etapa importantíssima do seu sucesso profissional. Do sucesso da sua carreira como Advogado e do seu empreendimento jurídico. 

Essa etapa (Marketing Jurídico), prospecção ativa de clientes, ela não pode ser mitigada. Se você não faz nenhuma iniciativa conciente nesse sentido, você está completamente distante do potencial que você pode alcançar como advogado. 

Advogado, tenha em mente que, você não pode simplesmente abrir diariamente às portas do seu escritório,  e ficar esperando que os clientes automaticamente venham te procurar. É importante que você tem a plena consciência de que a prospecção ativa faz parte do seu Business. Deixe de viver de esperança e reza, seus clientes não vão cair do céu, você precisa aplicar estratégias corretas e condutas ativas para conquistá-los.

Prospecção ativa e marketing jurídico são duas coisas que você não aprendeu na faculdade, mas sabe qual é a notícia boa?? Ninguém aprendeu isso na faculdade de Direito, os seus concorrentes também não sabem dessa informação. Portanto, a sua curiosidade te trouxe até aqui para que você consiga sair na frente e se destacar no mercado. 

Se você ignora a importância de fazer Marketing Jurídico, a importância de fazer um esforço concentrado em fazer prospecção ativa de clientes, o resultado é que todos os seus potenciais clientes, que ainda não te conhecem, vão continuar te ignorando também. E isso vai impactar diretamente no seu bolso e na sua satisfação como profissional. 

É essencial que você enfrente este tema com o máximo de profissionalismo, se vc não enfrentar esse assunto com seriedade, os seus resultados também não serão algo que se possa levar a sério. 

3) Quais são os primeiros Passos no Marketing Jurídico? 

E então? Como você vai fazer isso?  

Você vai aplicar. Ferramentas específicas para conseguir otimizar essa etapa na sua cadeia de produção.  

É muito importante que você veja o seu escritório como um empreendimento, que assim como todos os outros possui uma linha de produção (Prospecção, reunião de acolhimento, geração de contratos, setor financeiro, produção de petições, controle de prazos). 

É importante que você construa um fluxo de produção claro (use quadros visuais, por exemplo, o TRELLO). O objetivo é que você consiga identificar visualmente,  de forma clara e específica quais são as etapas que influenciam na saúde do teu negócio e no teu faturamento.  

Se você conhecer todas as etapas do seu negócio, você poderá promover ajustes pontuais, como apertos de parafusos, em cada uma delas. 

Quando o assunto é prospecção ativa nós precisamos ter ferramentas claras sobre como prospectar e como atrair clientes. Clientes interessados na solução que oferecemos e dispostos a pagar.

4) Advogado não pode fazer Propaganda!! (Me conte uma novidade.) 

Todos nós sabemos que advogado Não pode fazer propaganda. E qual é o grande problema ou grande mito que ainda permeia a mente dos advogados?  

Por não poder fazer propaganda, em decorrência nosso código de ética e disciplina, o advogado acaba entendendo que ele não pode fazer nada para posicionar a sua imagem de forma profissional no mercado, ou seja, ele deixa de fazer qualquer tipo de comunicação ativa para atrair a atenção de clientes, e é justamente aí que está o erro.  

A partir do momento, que você começa a compreender que marketing não é a mesma coisa que propaganda, que marketing é na verdade uma forma de você se comunicar, eficientemente, com o objetivo de alcançar um resultado (clientes e contratos). Tudo começa a fazer muita diferença pra você, porque na advocacia você vai usar a publicação de conteúdo pra alcançar esse fim, e não vai fazer nenhuma estratégia de propaganda. 

Você quer conquistar muitos clientes sem ter que fazer propaganda

Portanto, se hoje, você começa a se interessar pelo tema marketing jurídico, saiba que você já está um passo à frente da grande maioria dos seus concorrentes, pois no Brasil, os advogados, definitivamente, não sabem como se comunicar de forma efetiva. 

Isso porque não conhecem as ferramentas do marketing jurídico. Justamente por isso que eu insisto que agora você está diante de uma oportunidade única, um momento que você pode investir tempo de estudo e pode investir na sua aquisição de conhecimento de ferramentas e expetise. Coisas que os seus concorrentes ainda não sabem. Saia na FRENTE!!!

Na Advocacia, quando você domina os conceitos de Marketing Jurídico, é muito fácil se destacar. Porque ninguém sabe fazer marketing na Advocacia, os seus concorrentes são muito fracos nessa técnica, e se você aprender de forma profissional, você vai ser o número 01 muito rápido.

Então vamos lá, para não ficarmos só de blábláblá…. muita falação e pouca mão na massa, vamos partir para um tema bem específico do marketing jurídico que é o SEO (Search Engine Optimization). 

5) Qual o seu maior problema, hoje?  Nunca Ouvi falar de SEO – Ainda mais SEO para Advogados.

Se você nunca ouviu falar de SEO, esse é atualmente o maior problema da sua carreira! Pára tudo!! Pare de fazer cursos, pare de comprar livros jurídicos, e comece imediatamente a estudar SEO. Eu vou te passar o caminho das pedras.

Pelo menos, você está no lugar certo!!!

Precisamos resolver essa sua deficiência imediatamente. E vamos começar isso agora!

SEO é uma expressão derivada do inglês que significa search engine optimization. Em síntese, são as máquinas de busca da internet, a principal delas é o Google.

Acabam visitando o seu site o seu blog e fazendo uma inspeção sobre o tipo de conteúdo que você pública em regra esses computadores são aptos a acolher várias informações se o conteúdo que você pública é de determinada área qual o tema que é com qual frequência que você pública? Onde está sua localização geográfica e principalmente se a sua página possui uma certa interatividade e engajamento com o seu público? A partir do momento que você começa a perceber. Que isso existe, você vai precisar correr atrás de saber as ferramentas específicas para lidar com isso e saber se posicionar? Usar esse conhecimento a seu favor.

E quais são as consequências De usar essas ferramentas a seu favor?

O resultado muito simples!!! Se você possui uma produtividade de conteúdo em determinada área do direito, por exemplo, direito de família especializada em divórcios. Se você publica conteúdo com frequência sobre esse tema diariamente, 2 vezes por semana, que seja, esses mecanismos de busca começam a perceber que você está sempre produzindo conteúdos naquele tema, e isso vai te trazendo autoridade com o tempo.

Os mecanismos de busca conseguem identificar que o seu site, o seu blog, o seu portal, e até mesmo a sua página no instagram, possuem um engajamento de um público específico.

Você passa a ganhar autoridade como produtor de conteúdo naquele tema, e com isso o seu nome e seu empreendimento vai ficando cada vez mais em posição de destaque.

6) O que escrever e como produzir conteúdo?

Tenha em mente que o seu site só ganha autoridade e ganha destaque no ambiente online, se os mecanismos de busca identificarem que ele está sendo relevante para os leitores.

Justamente por isso não basta sair produzindo conteúdo a torto e a direita, não pode ser qualquer tipo de conteúdo jurídico, você precisa conseguir ser relevante pras pessoas.

Como conseguir ser relevante para os seus clientes, leitores do seu conteúdo? 

O que você precisa conseguir é que as pessoas que visitam o seu site passem a interagir com seu conteúdo. Os mecanismos  de busca conseguem, por exemplo, medir o tempo de permanência que um leitor gasta na sua página, e ainda consegue medir também se os leitores tomaram alguma ação dentro da sua página, se o leitor tomou ações, como por exemplo, buscar por outros artigos outras publicações produzidas por você.

Enfim a partir do momento que você consegue entender tudo isso você começa a praticar as condutas corretas para que você fique cada vez mais bem posicionado nós mecanismos de busca.

E a consequência direta disso é que cada vez mais o seu site o seu nome o seu conteúdo vai começar a aparecer em evidência em diversos lugares não só no Google, por quê? As máquinas de busca vão começar a qualificar o seu site, que vai ser ranqueado como um site de qualidade naquele determinado assunto. 

Então vamos partir para parte prática, como isso funciona na Advocacia? 

Quando as pessoas forem pesquisar por divórcio, logo no início, sobem aqueles Sites que aparecem na frente (Anúncios), como aparecem com o destaque de anúncio, a pessoas normalmente pulam esse tipo de site.

A verdade é que elas vão começar a procurar pelos sites que subiram organicamente ou seja são os sites que de acordo com os mecanismos de busca produzem conteúdo relevante naquela área de assunto, e provavelmente, ela vai clicar ali pra ver qual que é o tipo de conteúdo que você produz.

Seguinte… pega a visão!

Se ao clicar ali, a pessoa se deparar com um artigo muito bem escrito no blog, uma solução jurídica bem prática, uma cartilha ou manual que você preparou, e ainda, se o leitor perceber que as informações que ele encontra ali são informações claras. Informações que passam autoridade e confiança no seu trabalho.

Se você conseguir fazer tudo isso, ótimo!! Você conseguiu fazer, com louvor, um trabalho de atração, utilizando-se do marketing de conteúdo com profissionalismo, e é justamente aí que nós queremos chegar!  Só que para isso, eu preciso passar alguns detalhes técnicos sobre SEO. 

6) SEO FOCADO EM ADVOCACIA

Eu não posso falar de SEO de uma forma genérica como se vocês fossem fazer esse tipo de produção de conteúdo para uma empresa de viagens, um empreendimento comercial… e por aih vai. Enfim,  eu preciso falar de SEO Focado para advogado. E aí quando eu falo de SEO para advogados tem uma coisa que eu preciso falar pra vocês – só existe um tipo de SEO que funciona muito bem para advogados –  Que é SEO que foca uma coisa que se chama cauda longa

Com base em vários testes que nós já fizemos em outros escritórios que foram clientes da nossa consultoria, no nosso próprio escritório e até mesmo alguns Business focados em negócios jurídicos as startups jurídicas que também são chamadas de LAWTECHS. Enfim, com base em tudo isso eu posso afirmar que o único tipo de SEO que funciona para advogados é SEO que trabalha com planejamento de palavras chaves baseadas em cauda longa.

Eu vou explicar para vocês o que significa esse termo tão diferente que se chama cauda longa no planejamento de palavras.

Cauda longa é quando você pega determinado tema, mas você destrincha ele em pontos bem mais específicos, você tenta atacar um problema específico.

Então vamos voltar a falar aqui no exemplo que eu dei sobre direito de família. Ao invés de você fazer publicações de conteúdo no seu blog ou até mesmo no seu canal de YouTube sobre direito de família., percebam que direito de família é algo muito genérico, por mais que os advogados tenham em mente que direito de família é uma das especialidades no direito, esse tema é algo muito genérico.

Na hora de produzir o seu conteúdo, o que vocês precisam ter em mente é que o cliente de vocês, quando estiverem pesquisando, estão sempre buscando algum tipo de solução imediata para o problema deles. Sendo assim, eles não vão chegar nos mecanismos de busca e escrever lá “direito de família”.

Na hora de produzir conteúdo jurídico, vocês precisam pensar como que os clientes que estão buscando por serviços advocatícios vão pensar na hora de procurar um profissional ou procurar um escritório. Que o cliente de vocês têm um problema um problema específico.

Essas palavras atreladas ao problema específico dele são palavras chaves que estão diretamente atreladas ao problema dele, e é com base nisso que você precisa começar a produzir conteúdo, conteúdo focado nesses possíveis problemas que os clientes de vocês estão procurando.

A partir do momento que você tem em mente de que seu cliente não vai pesquisar por direito de família, mas sim que ele vai fazer buscas sobre, como por exemplo, quero me divorciar, como fazer o divórcio extrajudicial ou, como resolver a questão de dependentes do plano de saúde no divórcio; como faz o recolhimento de impostos e de ITCMD no caso de partilha de bens em divórcio?

Veja que a partir desse momento, com base nesse jogo de palavras muito mais detalhado, muito mais especializado, com o uso das palavras chaves de um problema específico…. É assim que você começa a se beneficiar do SEO de cauda longa.

É essencial que você consiga escrever sobre conteúdos específicos, e que você consiga escrever soluções claras para solucionar especificamente um problema que o cliente está procurando.

É importante saber que as pessoas (potenciais clientes) possuem uma dor específica, e elas estão sempre atrás de uma solução clara, que seja fácil e rápida.

O que você precisa fazer é se posicionar na frente delas com a sua solução. E não é escrevendo sobre direito de família que você vai conseguir aparecer na frente de um possível cliente.

Você vai conseguir aparecer para esse cliente, vai chamar a atenção dele, quando você escrever um artigo muito específico, detalhado e didático… às vezes, vai ser um manualzinho, uma cartilha sobre coisas extremamente específicas. Vamos para os exemplos, “Como fazer o recolhimento na Secretaria de fazenda estadual em relação aos impostos decorrentes da partilha no divorcio”

Veja como que isso é algo muito mais detalhado.

Vamos pra mais um exemplo: “É possível pleitear Pensão alimentícia para filhos maiores de 18 anos?

Aí você vai falar se é possível ou não, em quais termos que é possível, qual é o tipo de documentação que tem que ser apresentado. Nesse exemplo, nós sabemos que aqui no Brasil nós temos uma jurisprudência que diz que enquanto o filho tiver em fase de formação universitária, desde que comprove estar cursando, ele pode continuar recebendo a pensão alimentícia.

Então, você vai colocar esses detalhes, você pode até colocar uma súmula, um trecho da jurisprudência. Agora, tenha em mente que, quando você começa a produzir conteúdo no seu site no seu blog no seu canal do YouTube você não está produzindo isso para outros advogados, e você também não está produzindo um artigo para sua universidade. O tipo de conteúdo que precisa ser produzido é um tipo de conteúdo simples e claro, e que converse diretamente com a dor e o problema do seu cliente. 

Acabou que até o momento, eu fiquei só dando exemplos de Direito de família, focado na área de divórcio, e Daí vocês podem até ficar imaginando que eu trabalho na área de direito de família…. o que nem é tanto verdade.

Eu vou tentar dar outros exemplos aqui, pra você conseguir entender como aplicaria isso ao seu caso, vamos ver se você consegue pegar claramente o que que é o efeito cauda longa no SEO focado para Advogados.

Então vamos lá, se você trabalha com direito do consumidor, por exemplo, pare de produzir conteúdo, pare de produzir artigos sobre direito do consumidor, usando esse tema genérico. Isso é um tema muito genérico e outra coisa tem muitas pessoas produzindo artigos sobre esse tema – direito do consumidor –

Além disso, ao produzir conteúdo genérico assim, você vai concorrer com as publicações dos próprios sites jurídicos (jusbrasil, migalhas, portais dos tribunais). Sendo que esses outros portais tem um nível de produtividade de conteúdo muito mais insano que o seu site, dessa forma o seu site nunca vai ser ranqueado e nunca vai aparecer entre os primeiros. Isso porque esses sites de tribunais, esses sites de notícias (Tipo o migalhas), ele sempre vai na frente, porque ele produz um caminhão de conteúdo diariamente.

Agora, qual é a sacada? Quando você for produzir o seu conteúdo, você vai fazer um conteúdo que seja apto a resolver um problema específico. E aí é que está a sua vantagem, normalmente, esses portais que fazem publicações jurídicas fazem artigos mais genéricos de conteúdo,  eles acabam não fazendo artigos focados em soluções de problemas, e é justamente aí que você vai se destacar.

Nesse momento, quando você cria conteúdos que são soluções, o seu cliente vai conseguir te encontrar no ambiente online, e vai passar a ter a certeza de que você tem a solução específica para a causa dele.

Então, vamos voltar a dar exemplos sobre o direito do consumidor. Você precisa produzir artigos, como por exemplo, – Quais são as precauções que eu devo tomar na hora de assinar o contrato de financiamento? Quais são as cláusulas essenciais que eu devo observar na hora de fazer a contratação de um plano de saúde? Como eu devo proceder para poder acionar o seguro de obra do meu imóvel financiado?

Veja que eu continuo falando sobre direito do consumidor, mas eu não coloco no título da minha publicação direito do consumidor, o meu objetivo é produzir uma resposta muito clara e muito objetiva para um determinado problema e é muito importante que você também ataque nichos.

Não adianta um dia você produzir um artigo sobre direito do consumidor, no outro dia, você produz sobre direito de família e no outro você faz um comentário sobre um JULGADO do STF falando questões técnicas dos tribunais superiores, essa falta de foco nos temas dos conteúdos, essa falta de produção contínua numa única especialidade…. tudo isso faz com que você fique totalmente sem um nicho, sem autoridade em nenhuma especialidade.

Assim, você não consegue pontuar/rankear numa determinada área, você não consegue se destacar nos mecanismos de busca.

7) Que história é essa de NICHO??

Você já ouviu falar no que que é nicho? Talvez seja importante esclarecer para vocês agora o que que é nicho? Como esse artigo aqui não tem um foco específico de Trabalhar com esse conceito de nicho, eu vou fazer aqui apenas uma pincelada e, em breve, eu vou produzir outro artigo que tem por objetivo específico trabalhar o conceito de nicho. 

Mas então vamos lá o que que seria nicho na advocacia?

Nicho é entender que o seu cliente possui um padrão de interesses e comportamento, possui também interesses em comum, isso no Marketing Digital é classificado como uma persona ou Avatar, ele possui um ecossistema próprio.

Trata-se de um conjunto de características e de interesses que podem ser facilmente identificáveis. O seu cliente vai apresentar um tipo de comportamento online que vai gerar um padrão passível de ser identificado pelos mecanismos de busca, e isso é ótimo pra você, se você souber explorar isso.

Nesse sentido, o cliente que faz pesquisas sobre repatriação de investimentos no exterior, ou por exemplo, Planejamento tributário, planejamento empresarial…. em regra, esse é um tipo de cliente que possui muito patrimônio, que possui um certo nível de educação, um padrão mais luxuoso de compras, e tudo isso é passível de ser identificado pelo comportamento da pessoa na internet.

O cliente que possui essas características vai ter uma certa idade, vai ter um perfil de comportamento, tem um tom de narrativa pelo qual ele se interessa mais, vai a um certo tipo de reunião, vai a um certo tipo de evento cultural. E nesse contexto, você precisa entender qual é a linguagem que esse potencial cliente usa e quais os locais que ele frequenta, onde você precisa estar.

Ao conhecer seu público, suas demandas e necessidades, passe a produzir conteúdos personalizados que atendam seus clientes.

E tem uma coisa que é muito importante, quando nós trabalhamos com o conceito de nicho, é importante que você se esforce, ao máximo,  para que o seu nicho seja extremamente especializado, quanto mais subcategorizado ou hipernichado for o seu público alvo, maiores são as chances de você se destacar!

Nicho extremamente especializado aumenta as suas chances de aparecer em primeiro lugar nas pesquisas, você vai aparecer como a maior autoridade naquele tema, porque a sua concorrência pela produção de conteúdos vai ser muito menor. A ideia é que você consiga se destacar com maior facilidade.

Então você aprendeu, né? Não é para você produzir conteúdos sobre direito empresarial. Comece a produzir conteúdos sobre planejamento empresarial para restaurantes ou Planejamento patrimonial Para pequenos produtores agrícolas. Quando você trabalha com esse nicho extremamente especializado a chance de que você consiga produzir soluções personalizadas e atrativas são muito maiores, além disso você terá uma menor concorrência na produção de conteúdo.

Fazendo isso, os seus artigos jurídicos vão subir muito mais rápido e vão chamar muita atenção, vão alcançar um maior número de pessoas, então foque bastante nisso, especialize o máximo possível o nicho com o qual você escolheu para trabalhar.

8) Por onde começar a fazer o meu SEO ?

Para não deixar esse artigo muito genérico, principalmente, para você que nunca ouviu falar do que que é SEO, eu vou passar aqui outras condutas que são extremamente importantes para que você possa aplicar no seu cotidiano, na sua produção de conteúdos diários.

Quando você estiver produzindo conteúdos, tenha em mente que você está se comunicando com o seu cliente, então, evite ao máximo usar aquele idioma que nós carinhosamente chamamos de juridiquês.

Pense também que você não está escrevendo para outros advogados, os advogados, os seus amigos eles não são seus potenciais clientes. Então você precisa usar a linguagem deles e você precisa sanar as possíveis dúvidas dos seus potenciais clientes. É nisso que você precisa concentrar a sua energia, e para isso é importante que você adote as seguintes condutas: 

  1. Reproduza o seu conteúdo utilizando parágrafos pequenos. Isso vai estimular a leitura do leitor, e vai fazer com que ele fique mais tempo na sua página os mecanismos de busca eles podem medir essa informação. Coisas, como por exemplo, tempo que cada navegante fica na sua página e se ele rolou a barra de rolagem para continuar fazendo a leitura do seu artigo, se dentro do seu artigo ele também clicou em outros links que você colocou -> o que demonstra que ele se interessou e está querendo buscar mais daquele conteúdo.
  2. Tente utilizar técnicas básicas de redação. Aquelas Que tem por objetivo fazer com que a leitura fique mais agradável. Trabalhe com sentenças curtas, trabalhe com parágrafos curtos no máximo 4 às 5 linhas. Trabalhe também com letra grande e tente aplicar um espaçamento agradável. Tudo isso vai aumentar a taxa de rolagem do seu site. 
  3. Além disso faça com que o teu artigo esteja organizado em tópicos. O artigo precisa ter um tópico principal que nós chamamos de HEADLINE  e depois esse artigo precisa apresentar sub tópicos, ou seja, você precisa destrinchar aquele problema maior em problemas menores. Quando você faz isso, a leitura fica mais organizada e você também pontua nos mecanismos de busca.
  4. Uma outra sacada muito interessante é que você trabalhe com plugins ou com sites que vão te ajudar a saber se você está usando as palavras chaves corretas para aquele segmento, eu recomendo que você se utilize de uma ferramenta que é possível de ser encontrada gratuitamente no próprio Google, que é o planejador de palavras do Google. Lá você vai poder encontrar as palavras chaves que estão sendo mais pesquisadas pelo público. Desse modo você vai conseguir produzir um artigo que trabalha com palavras chaves que tem demanda. Não adianta você produzir um artigo sobre uma coisa que não ninguém está pesquisando, como por exemplo, o direito conjugal dos marcianos. Não tem ninguém pesquisando sobre isso. Você vai produzir. E o seu artigo não vai ser encontrado, simplesmente porque as pessoas não estão com esse problema nesse momento.  
  5. É importante que você se utilize também. De outras ferramentas que estão disponíveis gratuitamente na internet como por exemplo um site que se chama semrush. Por lá é possível fazer análise do seu artigo, e verificar se a produção do seu conteúdo está de acordo com os algoritmos dos mecanismos de busca.
  6. Há um outro plugin com essa mesma finalidade que se chama yost. Eu acho muito importante que você dê uma checada nele. 
  7.  

Bom livro eu espero que eu tenha ajudado você advogado e advogada, a clarear um pouquinho mais as suas idéias sobre a importância do Marketing Jurídico de qualidade, principalmente, quando você trabalha com marketing de conteúdo.

Por favor, nunca mais Confunda o termo marketing com os conceitos de propaganda e publicidade, eu espero que a partir de agora você comece a adotar essas boas práticas de produção de conteúdo na sua advocacia e eu posso garantir que você alcançará resultados incríveis na promoção do seu escritório e na sua carreira jurídica.

Se você gostou desse conteúdo, por favor, compartilhe o conteúdo nas suas redes sociais, é justamente isso que me dá motivação para continuar produzindo conteúdo jurídico de qualidade para os meus amigos e colegas de profissão na Advocacia.

Se você gostou desse conteúdo também você pode salvar esse conteúdo usando ferramentas como Evernote, por exemplo, para que talvez o que você não entendeu agora, Você possa revisitar esse texto e tentar colocar em prática todas essas ferramentas e essas condutas que aqui foram ensinadas. 

Sugiro também que você acompanhe o meu perfil no Instagram @julioleao, porque lá de uma forma mais tranquila, mais casual, um pouquinho mais informal, diariamente, eu continuo postando conteúdos que podem ser do seu interesse.

Bom, às vezes, você já tem muita informação e muito conteúdo, mas até agora você não conseguiu  aplicar uma solução para emplacar de vez no teu negócio. Então, às vezes, você está precisando só de um empurrãozinho ou de uma informação muito específica, uma informação crítica que você poderá encontrar por aqui, e quando você colocar em prática vai deslanchar de vez o seu escritório de advocacia e a sua carreira jurídica.

 Um último pedido que eu vou fazer pra vocês, é que por favor vocês comentem aqui embaixo sobre quais são as dúvidas que este artigo geraram em você, ou quais são os conteúdos ou outras soluções que vocês gostariam que eu produzisse uma resposta e apresentasse soluções aqui pra vocês. Porque realmente o meu objetivo é conseguir produzir conteúdo jurídico que possa te auxiliar na prática de produzir resultados, então, eu fico aguardando o comentário de vocês meus colegas advogados e advogadas.. 

Muito Sucesso a Todos na Advocacia.
 
Ass: Júlio Leão – Estrategista Digital 

Gostou desse artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on twitter
Compartilhe no Twitter
Share on linkedin
Compartilhe no Linkdin
Share on pinterest
Compartilhe no Pinterest

Deixe um comentário